shopping-bag 0
item(s) : 0
Subtotal : 0.00
Ver carrinho Finalizar Compras

Cadetes em excelente plano no II Torregri

Depois da massiva e brilhante participação dos nadadores Infantis no Torneio Zonal Sul onde foram obtidas 10 medalhas, da excelente participação dos nadadores Juvenis dos Campeonatos Nacionais de Juvenis, Juniores e Seniores com 6 medalhadas, foi a vez dos nadadores Cadetes A e B entrarem em ação no II TORREGRI.

Prova que contou com a participação 116 nadadores de 10 clubes regionais.

Apesar de ser a 3ª equipa mais representada do Torneio Regional de Grupos de Idade com 20 nadadores, o CD Nacional destacou-se em termos de resultados. Igualou o número de ouros e de pratas com o Clube Naval do Funchal, representado por 36 nadadores.

Os grandes destaques vão para os nadadores mais velhos em competição, Cadetes A, os nacionalistas Guilherme Corte Costa e Juliana Rodrigues Alves. Além de conseguirem a prova mais pontuada do torneio com 226 (400L) e 278 (100L), respetivamente, venceram no somatório de todas as provas cumpridas com 841 e 1039 pontos, igualmente.

Juliana Rodrigues Alves, irmã do recordista nacional e recentemente medalhado nos Campeonatos Nacionais, Paulo Rodrigues Alves, alcançou o “ouro” em todas as provas individuais onde participou.

Relativamente aos mais novos, Cadetes B, uma prestação fenomenal da Nacionalista Sara Beatriz Melim, ao ser a única e mais medalha do torneio com 6 medalhas (individuais e estafeta). Além de vencer as provas combinadas do seu escalão com 782 pontos, logo à frente da sua colega de equipa Eleine Vieira Mateus com 611 pontos, alcançou a prova mais pontuada do seu escalão com 224 pontos aos 200L (3:01.70).

Por fim, destacamos a prestação honrosa da Inês Sande Baptista, Eleine Vieira Mateus e Simão Henrique Sousa e de todos os outros nadadores que compõem esta equipa pelas suas prestações individuais e por terem sido um fator determinante para o sucesso coletivo do Clube Desportivo Nacional nesta competição.

O treinador do grupo de pré-competição do CD Nacional, Vítor Pereira, salienta: “Os resultados nestas idades são sempre subjetivos. Bom trabalho foi ter apenas uma desqualificação em 74 provas cumpridas. Melhor, concluir a quinta prova da época com 0 faltas. Um exemplo de compromisso dos nadadores e, acima de tudo, dos encarregados de educação. Sinto-me feliz pelos meus nadadores, os que passaram e os que ainda estão comigo, por fazerem de mim um bom treinador.”

A equipa volta aos cinco treinos por semana depois da páscoa, a fim de preparar o III e último TORREGRI, 29 e 30 de Junho.

 

Deixe um comentário