shopping-bag 0
item(s) : 0
Subtotal : 0.00
Ver carrinho Finalizar Compras

Golo de Camacho vale vitória no dérbi

Em jogo da 10ª jornada da Liga NOS, o Nacional quebrou finalmente o enguiço de não vencer em casa, e venceu esta noite o Marítimo por 1-0 no Estádio da Madeira.

Com uma entrada fortíssima no jogo, nos primeiros 10 minutos o Nacional dispôs de três claras situações de golo, desperdiçadas de forma quase inglória.

Com o passar os minutos o Marítimo foi conseguindo sacudir um pouco a pressão e antes do intervalo um cabeceamento de Edgar Costa obrigou Daniel a uma grande defesa.

Na segunda parte o Nacional esteve sempre por cima e chegaria ao golo aos 65 minutos, num cabeceamento perfeito de Camacho a concluir cruzamento de Kalindi.

Tentou reagir o Marítimo, mas a defesa alvi-negra mostrou-se sempre muito coesa e com isso garantiu a vitória.

Ficha de jogo

Liga NOS – 10ª jornada

Estádio da Madeira

Árbitro: Rui Costa

Assistentes: Tiago Costa e Nuno Manso

Quarto árbitro: João Matos

NACIONAL

Daniel, Kalindi, Felipe Lopes, Júlio César, Campos, Marakis, Vitor Gonçalves, Jota, Camacho, Okacha e Witi.

Suplentes: Framelin, Diogo Coelho, Mauro, Palocevic, Alhassan, Rochez e Kenji Gorré

Treinador: Costinha

Substituições: Okacha por Rochez (77’), Jota por Palocevic (81’), Vitor Gonçalves por Alhassan (89’).

Disciplina: amarelo a Júlio César (77’), S. Marakis (81’), Witi (90’).

Golos:  Camacho (65’)

MARÍTIMO

Amir, Bebeto, Zainadine, Lucas Áfrico, China, Jean Cléber, Vukovic, Fabrício, Correa, Ricardo Valente e Joel.

Suplentes: .Charles, M. Silva, Ibson Melo, Correa, R. Pinho, Nanu e Valente

Treinador: Cláudio Braga

Substituições: Barrera por Correa (55’), Fabrício por Valente (55’), Edgar Costa por R. Pinho (74’).

Disciplina: amarelo a .

Golos:

 

 

4 Comentários

  1. Carlos Gomes

    Esta vitoria é dedicada aos adeptos que dizem mal! Nas vitórias mal escondem a frustração e quando perdemos aparecem nas redes sociais com “projectos estratégicos” e outras balelas para enganar tansos! Todos sabemos quem são esses tristes seres cheios de veneno! Tenham vergonha e apoiem a equipa e treinadores. Como dizia o Maradona: “Que la chupen! Que la sigan chupando! Sigan mamando!”

  2. Henrique

    Caro Carlos Gomes, tenho a certeza que todos os adeptos do Nacional querem o sucesso do seu clube bem como do seu treinador. Perante os resultados e principalmente o número de golos sofridos assustadores que nós tínhamos é natural haver contestação, estranho seria senão houvesse. Agora, apesar de tudo tenho a certeza que todos nós queremos o sucesso do nosso treinador, porque isso representa o sucesso do nosso clube. Oxalá que possamos continuar numa senda vitoriosa e trazer o nosso “velho” Nacional de volta. Temos de nos deixar de guerras e estarmos todos unidos pelo nosso clube, só assim seremos vitoriosos. Saudações alvinegras.

    1. Rui Castro

      Caro Henrique, não duvido que os adeptos querem o sucesso do Clube mas alguns deles desejam protagonismo pessoal em dose superior. Basta ver a 1.ª página do DN Madeira em 15 Fevereiro de 2017 publicada na semana do ultimo derby que disputámos nos Barreiros – foi na época em que descemos e precisávamos mesmo de ganhar esse jogo para evitar a descida!!!… Isso dá para ver muito bem quem mal disfarça a frustração e desaparece nas vitórias, mas aparece com “projectos”, ironias e insinuações nas derrotas. Viva o Nacional!

  3. Avelino

    Está foi a Vitória da União de todos os Nacionalistas. Todo o Nacional funcionou num bloco uno e coeso. Os nossos adeptos ovacionaram a nossa equipa, Sinceramente gostei desta jornada desportiva, demos uma lição do que deve ser um jogo de futebol. Com vaias e apupos só contribuem para piorar. Nacionalistas assim vamos lá e estamos a tempo. Não há gente como a gente.

Deixe um comentário