shopping-bag 0
item(s) : 0
Subtotal : 0.00
Ver carrinho Finalizar Compras

Nacional azarado perde com o Belenenses

Duas bolas no poste e mais duas ou três claras oportunidades de golo não foram suficientes para o Nacional conquistar pontos na receção desta tarde ao Belenenses.

O jogo da 17ª jornada da Liga NOS, última da primeira volta, terminou com vitória da formação visitante por 1-0, resultado injusto para a prestação da equipa.

Bem melhor na primeira parte, o Nacional podia e merecia ter chegado ao intervalo em vantagem, mas Camacho acertou no poste e depois foi Palocevic a cabecear ao lado quando tinha a baliza toda à sua mercê.

Kenji esteve também perto do golo, mas após uma boa iniciativa individual o remate saiu ao lado.

Na segunda parte aumentou a intensidade do vento, soprando a favor da equipa visitante, mas mesmo assim foi o Nacional a criar perigo primeiro. Rochez, com tudo para marcar, acertou no poste, depois foi Kenji a obrigar Muriel a uma boa defesa. Muriel que pouco depois evitou que o potente remate de Arabidze resultasse no primeiro golo do jogo.

A 11 minutos do fim o Belenenses acabaria por chegar à vantagem, com Licá a finalizar à boca da baliza uma jogada de insistência da equipa.

O pressing final do Nacional de nada resultou, pelo que cinco jogos depois a equipa voltou a sofrer golos e a perder em casa. Injustamente.

Ficha de jogo

Liga NOS – 17ª jornada

Estádio da Madeira

Árbitro: André Narciso

Assistentes:  Venâncio Tomé e Ricardo Luz

Quarto árbitro: João Bento

 

NACIONAL

Lucas França, Kalindi, Rosic, Júlio César, Campos, Palocevic, Vitor Gonçalves, Jota, Camacho, Kenji e Rochez

Suplentes: Framelin, Diogo Coelho, Mauro, Okacha, Arabidze, Kaká e Witi.

Treinador: Costinha

Substituições: Kenji por Arabidze (68’), Rochez por Okacha (74’), Palocevic por Witi (84’).

Disciplina: amarelo a Vitor Gonçalves (41’), Júlio César (50’), Campos (53’)

Golos:

BELENENSES

Muriel, D. Viana, Cleyton, Gonçalo S., Reinildo, Nuno Coelho, Eduardo, Fredy, Henrique e Licá

Suplentes: Mikam Gonçalo Tavares, Dalcio, Matija, LLuís Silva, Lucca, Kikas,

Treinador: Silas

Substituições: Henrique por Dalcio (77’), Eduardo por Lucca (84’), Licá por Matija (90+3’)

Disciplina: amarelo a André Santos (48’), Reinildo (73’), Gonçalo S. (90’).

Golos:

 

1 Comentário

  1. Henrique

    Antes de falar do jogo propriamente dito falar primeiramente da ausência do Marakis (o nosso motor do meio campo) e ainda a não recuperação do Tissone. Fizemos uma primeira parte razoável onde a definição no último terço nunca foi a mais acertada, poucas dinâmicas acertadas para criar mais perigo. Campos com claras dificuldades no lado esquerdo para criar jogo, sendo que não tem culpa uma vez que é lateral direito. Mais uma vez um meio campo onde o Jota não teve nenhuma intensidade e um Palocevic (que foi dos melhores em campo) foi perdendo algum fulgor. Foi pena não ter colocado o Arabidze mais cedo a jogar pelo meio sendo o maestro. Witi e Gorre são fracos para primeira liga. Segunda parte dececionante e sem atitude da nossa equipa (fez lembrar o jogo contra o Portimonense). Precisa-se mais um central, mais um médio e de um avançado que faça a diferença. Como adepto não gostei nada da exibição como também não tinha gostado no dragão. Onde está a garra que nos fez ganhar jogos? Temos 19 pontos, é bom, mas…temos de nos fazer à vida, rapidamente…

Deixe um comentário