shopping-bag 0
item(s) : 0
Subtotal : €0.00
Ver carrinho Finalizar Compras

Nacional derrotado na despedida da Liga NOS

Em jogo da jornada 34 da Liga NOS, o Nacional perdeu esta tarde no Estádio da Madeira por 2-1 diante do Vitória de Setúbal.
Numa partida que acabou por ser o espelho da temporada, lesões, golos falhados e erros defensivos acabaram por ditar o desaire.
Marcou primeiro o Setúbal, aos 74 por Edinho, empatou Zequinha de pénalti, aos 88′. Antes do fim novo erro defensivo do Nacional permitiu ao Vitória o 2-1 final, fechando assim a equipa da pior forma possível esta temporada.
De positivo, a homenagem feita ao intervalo a todas as equipas campeãs regionais de futebol nos diversos escalões e também os atletas das amadoras que conquistaram títulos regionais e nacionais e ou com presenças de relevo na competição nacional.

Ficha de jogo

Liga NOS – 34ª Jornada
Estádio da Madeira

Árbitro: Bruno Esteves
Assistentes: Rui Teixeira e Valter Pereira
Quarto árbitro: Bruno Vieira

NACIONAL
Adriano; Victor Garcia, Rui Correia, César e Sequeira, Filipe Gonçalves, Washignton, Mezga, Zizo, Aristeguieta e Zequinha.
SUPLENTES: Vitor São Bento, Tobias Figueiredo, Jota, Vitor Gonçalves, Ricardo, Tiago e Witi.
Treinador: João de Deus
Substituições: Aristeguieta por Ricardo Gomes (45′), Sequeira por Witi (50′) e Mezga por Vitor Gonçalves (55′).
Disciplina: amarelo a Mezga (53′).
Golos: Zequinha (88 g.p.)

V. SETÚBAL
Bruno Varela, P. Pinto, V. Fernandes, F. Venâncio, Nuno Pinto, Mikel, João Carvalho, Costinha, N. Santos, Edinho e Amaral
SUPLENTES: Trigueira, F. Cardoso, Bonilha, Vasco Costa, Pedrosa, L. Filipe e Zé Manuel.
Treinador: José Couceiro
Substituições: Costinha por Pedrosa (57′), Amaral por Zé Manuel (61′), Nuno Pinto por L. Filipe (83′).
Disciplina:
Golos: Edinho (74′) e Zé Manuel (90′).

 

resumo

 

João de Deus lamenta repetição de erros

Na conferência de imprensa realizada no final do encontro, o treinador do Nacional, João de Deus, admitiu que, num jogo fraco, a primeira parte da sua equipa não foi bem conseguida. Pelo contrário, esteve melhor na segunda parte, mas aí voltou a ser vítima dos erros do costume.

 

Deixe um comentário