shopping-bag 0
item(s) : 0
Subtotal : 0.00
Ver carrinho Finalizar Compras

Nacional infeliz perde na receção ao Rio Ave

Em jogo da 26ª jornada da Liga NOS, a equipa sénior de futebol do CD Nacional perdeu esta tarde por 1-0 na receção ao Rio Ave.

Numa partida em que nada correu bem à equipa, que ‘perdeu’ Marakis por lesão na véspera do jogo, nota máxima para a atitude, empenho e qualidade postos em campo pelos jogadores, que tudo fizeram para merecer outro resultado.

Numa primeira parte mais equilibrada, nota para a permissividade disciplinar da equipa de arbitragem para com as constantes infrações de alguns jogadores do Rio Ave (Nadjack conseguiu chegar ao intervalo sem levar ‘amarelo’), curiosamente o mesmo árbitro que nos Açores expulsou Marakis aos 30 minutos por acumulação de amarelos.

Antes do intervalo surge o golo feliz de Ronan, com a bola a ressaltar num defesa e a trair completamente Daniel.

A segunda parte só deu Nacional, mas por uma razão ou por outra a bola acabou por não entrar. Ou porque faltou pontaria aos avançados do Nacional, ou porque Léo Jardim fez defesas ‘impossíveis’.

Nas duas vezes que a bola entrou, os lances acabaram anulados: o primeiro mal, pois não há qualquer falta sobre o guarda-redes do Rio Ave; o segundo bem, porque existe mesmo fora de jogo.

O jogo termina com um possível pénalti na área do Rio Ave, mas António Nobre desta vez nada assinalou.

Apesar da derrota, o Nacional mantém-se fora da zona de despromoção.

Ficha de jogo

Liga NOS – 26ª jornada

Estádio da Madeira

Árbitro: António Nobre

Assistentes: António Godinho; Paulo Miranda

Quarto árbitro: Fábio Piló

NACIONAL

Daniel, Campos, Rosic, Diogo, Mauro, Kaká, Jota, Vitor Gonçalves, Witi, Rashidov e Okacha

Suplentes: Framelin, Felipe Lopes, Filipe Ferreira, Tissone, Alhassan, Palocevic, Riascos

Treinador: Costinha

Substituições: Witi por Riascos (64’), Jota por Palocevic (83’).

Disciplina: amarelo a Mauro Cerqueira (47’), Vitor Gonçalves (70’).

Golos:

 

Rio Ave

Léo Jardim, Nadjack, Ruben Semedo, Messias, Fábio Coentrão, Jambor, Leandrinho, Diego Lopes, Murilo, Ronan D. e Galeno.

Suplentes: Paulo Vítor, M. Reis, Borevkovic, Bruno Moreira, Carlos Jr., Gabriel S. e Vitó.

Treinador: Daniel Ramos

Substituições: Murilo por Carlos Jr. (60’), Ronan por Bruno Moreira (78), Fábio Coentrão por M. Reis (79’).

Disciplina: amarelo a Carlos Jr. (64’), Nadjack (90+4’)

Golos:   Ronan D. (36’).

 

1 Comentário

  1. Henrique

    Ontem não assisti ao jogo porque infelizmente estive a trabalhar. Tive a possibilidade de ver a equipa que este senhor pôs a jogar e só tenho a dizer RIDÍCULO. Tirar o Palocevic porque? Colocar o Kaká (jogador de campeonato nacional), Jota? Caro Avelino, você fala da arbitragem mas a culpa é de quem? Muitos adeptos do nacional desde o início da temporada que apelaram ao senhor Rui Alves para se fazer impor e fazer uma declaração! Ninguém fez nada! Tiveram medo que a arbitragem se virasse contra nós! Mas iriam continuar a prejudicar nos sempre como é óbvio! Em todas as derrotas há desculpas, os árbitros, os jogadores, os adeptos, o relvado, as lesões, e o senhor Costinha? É Deus? Este senhor vai colocar nos na segunda liga novamente e ninguém faz nada!!!
    Costinha você não é DEUS, esta época nas derrotas culpou mais os adeptos que você próprio, ser Homem é assumir os seus erros e por vezes ser Homem é desistir quando vemos que não somos capazes.

Deixe um comentário