shopping-bag 0
item(s) : 0
Subtotal : 0.00
Ver carrinho Finalizar Compras

Erros de arbitragem influenciam derrota dos juniores

A equipa de juniores do CD Nacional falhou esta noite a possibilidade de revalidar o título de vencedor da Supertaça ao perder diante do Marítimo, num jogo marcado pelo péssimo trabalho da equipa de arbitragem chefiada por Pedro Viveiros.

Para além de se ter mostrado demasiado permissivo para com o jogo duro dos atletas do Marítimo, Pedro Viveiros e seus assistentes cometeram diversos erros graves, sempre em prejuízo do Nacional.

Senão vejamos:

  • O primeiro golo do Marítimo foi precedido de fora de jogo, tal como o terceiro.
  • Com o resultado em 1-0 Loris foi claramente empurrado na área de maritimista, ficando por assinalar uma evidente grande penalidade a favor do Nacional.
  • A complementar tudo isto fica por punir uma clara agressão de um jogador verde-rubro ao guarda-redes do Nacional. Isto com o resultado ainda em 1-0.

Erros a mais para uma equipa só.

Mesmo assim, mérito para a vitória do Marítimo que acaba contudo por conseguir um resultado exagerado.

Se bem que a história do jogo pudesse ser outra se alguns lances tivessem sido ajuizados de forma mais correta.

Para a história fica contudo o 3-0 final e a conquista do troféu por parte do Marítimo.

 

1 Comentário

  1. Avelino

    Não é a 1ª vez que acontece. Nas camadas mais jovens, também há erros de arbitragens. E errar é próprio dos Arbitros Porque os jogadores também erram. Só não concordo que os erros são sempre a favor dos mesmos. Quando assim é deixa muitas dúvidas. A favor do meu Clube muito raramente há um erro. Meus amigos eu não quero favores dos árbitros, quero é que sejam isentos e cumprem com as leis. Só isso, nada Mais.

Deixe um comentário