shopping-bag 0
item(s) : 0
Subtotal : 0.00
Ver carrinho Finalizar Compras

Nacional vence Covilhã e sobe ao segundo lugar

Em jogo da 10ª jornada da LigaPro, a equipa sénior de futebol do CD Nacional isolou-se esta tarde, ainda que à condição, no segundo lugar da LigaPro ao vencer por 1-0 na receção ao Sporting da Covilhã.

Com uma primeira parte de bom nível, o CD Nacional chegou ao intervalo em vantagem graças a um auto-golo de D. Martins, que fez justiça no marcador.

Na segunda parte o Covilhã deu tudo em busca do empate, mas o Nacional segurou bem a vantagem, e esteve mesmo perto do segundo, por Riascos.

No fim, triunfo justo do Nacional, que sobe ao segundo lugar na tabela.

 

Ficha de jogo

LigaPro – 10ª Jornada   

Estádio da Madeira

Árbitro: Hélder Malheiro

Assistentes: Pedro Felisberto; Rui Cidade

Quarto árbitro: José Almeida

 

NACIONAL

Daniel, Kalindi, Mosevich, Diogo, Witi, Alhassan, Vitor Gonçalves, Ruben Micael, Camacho, Riascos e Rochez.

Suplentes: Framelin, Campos, Marcelo, Marco, Kenji, Perotti e Paulo Vyctor.

Treinador: Luís Freire

Substituições: Rochez por P. Vyctor (64’), R. Micael por M. Freitas (69’), Witi por Campos (84’). 

Disciplina: amarelo a Camacho (73’)

Golos: D. Martins (36 p.b.)

 

Sp. Covilhã

Carlos H., Gilberto, Zarabi, Brendon, D. Martins, Rodrigues, Jean, Silva, Bonani, Kukula e Adriano.

Suplentes: Bruno, Filipe, Deivison B., Jaime, Rodrigo, Daffé e Soares

Treinador: Ricardo Soares

Substituições: Silva por Deivison B. (73’), Rodrigues por Rodrigo (73’), Bonani por Daffke (82’).

Disciplina: amarelo a Adriano (42’), Jean (67’) e D. Martins (80’).

Golos: 

2 Comentários

  1. Henrique

    Parabéns Nacional (jogadores, estrutura, mister e adeptos que foram fundamentais para a nossa equipa segurar o resultado). O Covilhã veio jogar para a Madeira à rato, organizado defensivamente em busca de um erro do Nacional para sair em transição (e por pouco ia conseguindo com um livre “inventado” pelo árbitro, esquecido pelo senhor Ricardo Soares). Fomos bravos, demos o “peito às balas”, fomos guerreiros, dedicados, humildes, estratégicos, personalizados, competentes, fomos à procura da vitória sem medo, e foi isso que nos fez também ter uma pontinha de sorte para ganharmos o jogo. Mais uma vez parabéns ao nosso mister, que uma vez mais mostrou todo o seu enorme potencial. Foi importante baixar o Alhassan e dar mais bola ao Ruben que fez mais um grandíssimo jogo. Grande vitória, frente a um grande rival mas…caro mister Ricardo Soares: a 1 parte demonstrou que o Nacional quis ganhar mais o jogo e foi mais corajoso que o S. Covilhã.
    Não há gente como a gente!!
    Força CDN!

  2. Boa vitória. Apesar de ser visível que há vários aspetos a melhorar, a vitória era essencial neste jogo … como em todos os jogos!
    Considero o Nacional como o principal favorito a conquistar o campeonato. Mas para isso é necessário fazer aquilo que espero: que os jogadores mais experientes sejam capazes de transmitir, aos mais jovens, o necessário para ganhar regularmente num campeonato tão disputado; que o treinador demonstre que não ficará pelo potencial que apresenta; que a estrutura dê uso à experiência que tem de primeira e segunda Liga.
    Força Nacional!

Deixe um comentário

Registo

Recuperar Password?