shopping-bag 0
item(s) : 0
Subtotal : 0.00
Ver carrinho Finalizar Compras

Plantel apresentado de olhos postos na subida de divisão

Foi em clima de festa e com algumas centenas de adeptos na bancada que decorreu esta tarde a apresentação do plantel sénior de futebol do CD Nacional para a temporada 2019/20.

Depois da exibição dos equipamentos oficiais para esta temporada, foi tempo para apresentação individual de dos elementos do grupo de trabalho, desde o Staff aos jogadores, passando é claro, pela equipa técnica.

Depois, foi tempo de discursos.

 

Ruben promete empenho máximo

O capitão Ruben Micael, foi o primeiro a usar da palavra, trazendo com ele o jovem Fernandes.

Assumindo-se “feliz por estar de volta”, ficou a promessa de “empenho máximo” do grupo na luta pela subida à I liga.

 

Luís Freire feliz na nova família

Luís Freire, o treinador, vincou a sua satisfação por estar incluído nesta nova família, deixando um repto aos adeptos:  Precisamos de todos. Dos mais novos aos mais velhos. Passem-nos cada vez mais a vossa energia” pediu o técnico, que prometeu “muito trabalho” para que “no dia 17 maio possamos festejar juntos a subida”.

 

Rui Alves lamenta política de terra queimada

Rui Alves, presidente do CD Nacional, lembrou a redução nos apoios ao desporto motivadas pelo PAEF, sublinhando que com o fim do programa “outros setores recuperaram mas o desporto não”, encontrando parte da explicação na falta de espírito cooperativista que considera existir na Região ao nível do desporto. Isto porque “Uma instituição faz a política de terra queimada na lógica do único clube”

Considerando que ambição desportiva na Madeira depende do posicionamento do Governo Regional, deixou o desejo de que o executivo perceba que o interesse do desporto é muito mais do que o interesse do único clube da Madeira.”

 

Miguel Gouveia destaca espírito de resiliência de Rui Alves

Miguel Gouveia, presidente da Câmara Municipal do Funchal, deixou uma palavra especial a Rui Alves, “um homem de grandes lutas”.

Salientando que “não conta as vezes que se cai mas sim as que se levanta”, deixou expresso o desejo de que o Nacional a 17 de maio esteja de volta ao lugar que é seu por direito no futebol português”

Até porque ter o Nacional na primeira divisão é uma mais valia desportiva, social, económica e financeira para o Município do Funchal.

 

Jorge Carvalho disponível para discutir novo modelo de apoio

Jorge Carvalho, secretário regional da Educação, salientou o papel do Governo Regional no apoio ao desporto profissional, justificando-o por três razões: “Porque tem retorno para a região. Porque os cidadãos da Madeira devem ter a possibilidade de assistir a grandes jogos. E porque é um momento importante para promoção e divulgação da ilha.”

Assim, prometeu que o Governo Regional vai continuar a apoiar desporto profissional, deixando abertura para discutir um novo modelo para o futebol profissional. Até porque entende que “é fundamental que a Região possa ter mais de um Clube na primeira liga. Só assim será rentável.”  

 

Miguel de Sousa enviou mensagem

Ausente por motivo de força maior, Miguel de Sousa, presidente da Assembleia Geral do CD Nacional, fez contudo questão de enviar uma mensagem: “Impossibilitado de estar presente envio saudação a todos os sócios e adeptos, em especial ao nosso presidente Rui Alves, aos técnicos e jogadores fazendo votos que no final da época regressemos ao nosso lugar na primeira Liga. Até lá somos todos do Nacional. FORÇA NACIONAL”.

 

Jogo com o Câmara de Lobos encerrou a festa

No final, tempo para um jogo de treino diante do Câmara de Lobos, campeão regional em título e que vai disputar nesta temporada o Campeonato de Portugal.

Depois de uma primeira parte sem golos, Fernandes, Perotti e Júlio César marcaram na segunda parte os golos do triunfo alvi-negro.

 

2 Comentários

  1. Henrique

    Boa tarde Nacionalistas!
    Ontem assisti cuidadosamente ao jogo do nosso clube do coração. As exibições que mais me encheram o olho foram as dos centrais (todos eles), do Kalindi, do Campos, do Ruben Micael (o nosso melhor jogador) , do Lee (pessoalmente adoro este jogador) e gostei também muito do Perotti. Acho que estamos com dificuldades (mais uma vez….) na lateral esquerda…no médio defensivo (prefiro o Borges ao Alhassan) e na finalização (Rochez e Riascos têm muito a melhorar). Muito contente com a forma de jogar do Nacional e os seus princípios de jogo. Acho que precisamos de um excelente lateral esquerdo, de um ponta de lança feito e de mais um extremo de qualidade (experiente), o Gorré deixa muita a desejar… Confio muito na direção, confio muito neste treinador mas como adepto honestamente não sei se temos plantel para subir…todos sabemos das dificuldades financeiras que temos neste contexto.. Mas sonhar é sempre permitido! Estaremos sempre do vosso lado! Somos todos Nacional!!

    1. Manuel

      Caro sr.Henrique, obrigado por partilhar a sua opinião…concordo com tudo o que disse. Acho necessário reforçar a posição de lateral esquerdo e um ponta de lanca experiente ( o edinho teria sido uma excelente contratação ). O único ponto em que discordo, em relação ao Gorré, pessoalmente ja tive algumas oportunidades de falar com ele, considero o um jogador moderado, é jovem…educado, um grande companheiro de equipa, trás boa disposição, amizade e ajuda ao plantel. O kenji nao está no nacional pelo dinheiro, se assim fosse, por fontes pessoais, estaria nos estados unidos ou etc. Ele cumpre compromissos, tambem revela se muito tático e nao é o tipo de jogador que envenena o plantel ou seja invejoso. Considero que vai ser um campeonato dificil, mas nao impossivel. Creio que temos verdadeiramente um grande treinador. Onde tu estiveres, eu lá estarei Nacional.

Deixe um comentário

Registo

Recuperar Password?